quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Conheça nossa cozinha #32

- Eu só sei que nada sei.

(dito por algum fodão do passado e hoje dito por um tiozinho na fila do pão.)

 Evolução

 Estudo nunca é demais, porém o que te faz aprender mesmo é colocar a mão na massa e fazer.
 É algo como decorar o kama sultra inteiro e ser virgem.
 Você vai ver que tem coisa que é só para o homem elástico e vai aprender isso da forma mais dolorosa possível.
 O único jeito que conheço de fazer uma boa história é sentar e fazer.
 E ouvi isso do meu primeiro professor anos atrás. Não com essas palavras, foi algo mais ou menos do tipo:
- Professor como desenha tal coisa?
- Desenhando!
- ...
 Qualquer iniciante fica desapontado com uma resposta dessas.
 Como o cara que espera que seu mestre de artes marciais ensine um golpe secreto passado há gerações no estilo do kung-fu chuchu da silva. Até que o velho revela:
- A única técnica secreta é o treinar todos os dias e depois enganar as pessoas abrindo uma academia de kung-fu.
 Bom, desde desse dia aceitei o desafio e fui fazendo minhas hq´s a torto e a direito sem me pilhar muito por um longo tempo.
 Porém cai em outra armadilha fatal para quem quer evoluir na raça, o auto-didatismo.
- Nunca fiz curso. Sou auto-didata! Olha aqui meu olho sombreado com 6b!
 Não que não existam desenhistas e autores de hq fodas que nunca pisaram em uma sala de aula para aprender coisa alguma de desenho, eu sou adepto de cursos.
 Por dois motivos:
 1 – Você sempre evolui mais rápido quando tem uma orientação especifica. Até naqueles cursos que te ensinam a desenhar retrato com 6b eu aprendi muita coisa.
 2 – Disciplina. São pouquíssimas as pessoas que conseguem ser disciplinadas e desenhar todos os dias sem alguém pegando no pé. No começo é ainda pior, porque não vemos evolução por um longo tempo.
3 – 3? Contei errado, mas enfim. O terceiro é a motivação. Como dito no 2 fazer algo sozinho é foda e um curso pode te motivar a continuar até você ver algum resultado.
 Ou pode te desmotivar da mesma forma.
 Canso de ver escolas de cópia por aí, que só ensinam os alunos a serem robozinhos de xerox.
 Desenhar não é um processo só mecânico e técnico, mas de auto conhecimento também.
 Infelizmente aquele retrato hiper realista feito a 6b todo garboso que todo mundo paga pau pode não ser a sua pegada.
 Pra mim não foi fácil aceitar isso.
 A gente quer aplausos e não criticas.
 Igual aquele fulaninho que na escola desenhava bem melhor que você e todo mundo pagava pau. Enquanto você ficava com seus rabiscos toscos tentando contar historinhas.
 Ele tinha fama, mulheres, aplausos e hoje trabalha em qualquer profissão aí que não exige desenhar uma linha reta. Ele vai tentar retomar o desenho depois que se aposentar e ter ganhando rios de dinheiro.
 E você? No caso eu.
 Posso não ter todo esse esplendor de um emprego bacana ou ganhar aplausos por fazer retratos fudidos com 6b. Porém sei que os quadrinhos vão render frutos. Você estar me escutando aqui agora já é um deles.
 Vejo tantos artistas fodas fazendo quadrinhos e com desenhos tão diferentes e ao mesmo tempo tão mais interessantes e expressivos que retratos a 6b.
- Então você odeia retratinho de 6b?
 Não.
 Até hoje eu estudo anatomia, perspectiva, cor. Só que hoje eu vejo que hiper realismo não serve para mim. Eu tenho meu jeito de fazer.
 Eu sei que to batendo na mesma tecla de novo, mas é importante ser sincero consigo mesmo. Até porque isso economiza tempo.
 Conheço pessoas que começaram fazendo quadrinhos por acharem que era o que servia para o traço delas, que era mais simples, quando o que elas precisavam mesmo era estudar desenho e descobrirem que a pegada delas é a ilustração, concept art, trafico de drogas, atendente de açougue...
 Hoje eu me assumo como contador de histórias, não porque meu desenho é mais simplista ou eu não saiba fazer retratinho de 6b (até porque eu sei). É porque quadrinho é o meu caminho.
 Um caminho que não vive só de arte, mas de narrativa, arte, roteiro e N outras coisas em função de apenas uma:
 Contar uma história.
 Então se a sua pegada é retrato, investe tempo nisso, se é quadrinho, investe tempo nisso, se é ser traficante, cuidado com a policia, se é ser médico, investe tempo nisso.
 No máximo você vai se frustrar e tentar outra coisa.

 A vida é eterna, relaxa e curte o passeio.